Arquivo de janeiro \29\UTC 2009

29
jan
09

torradinha do seu time

Taí uma coisa que nunca passou pela minha cabeça, mas até que ficou  divertido. O St. Pauli,  famoso time do ” bairro da luz vermelha ” de Hamburgo (Alemanha) lançou uma torradeira que imprime no pão o Tottenkopf  (caveira com ossos cruzados),  símbolo do  clube:

stpaulitoaster0708b

 

Tava à venda na Subside Sports há um tempo, mas já esgotou…

Tá bem que não é uma coisa que se  possa  ser  desenvolvda num fundo de quintal, como  as  camisas  retrôs  tão em voga, mas  talvez contratando um engenheiro legal, até que daria pra  desenvolver alguma coisa do tipo com o escudo (não tão detalhado) dos clubes brasileiros,né?

Taí uma boa  idéia… depois eu cobro o$ meu$$…

27
jan
09

camisa de burundi???

Pros que não sabem, Burundi é um micropaís encrustado no meio da  África entre países como Ruanda, Congo e Tanzânia. Muito provavelmente por eles  terem outras preocupações por aquelas bandas  (172a. no ranking do Indicie de Desenvolvimento Humano, entre 179 países) o futebol não é lá essas prioridades, e sendo assim, nunca se classificou sequer para  a Copa africana de Nações. 

Apesar disso, a (corajosa) marca esportiva Nanque (creio ser argentina) fornece(u?) material esportivo pra eles, e nem é feio não. Lembra  a possível nova do Fuminense até:

imgjpgburundi-argjpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Juro que  quando vi  essa peça no Mercado Livre, não acreditei muito não até porque o proprio vendedor  pensa  ser de um  timeco lá do interior argentino, mas…

Olhando bem a Wikipedia…

 

 

 

 

Curioso,não?

27
jan
09

sumi, mas to voltando…

oi gente

 

Só uma satisfação aí pra vocês, já que tava no meio de uma  serie e  depois sumi. Pois bem, meu  computador me deixou na mão mais uma vez, e  acabou se tornando algo bem mais  sério do que o que parecia, tanto que tive que trocar processador, placa mãe, memoria, e fonte de energia  (ou seja, praticamente comprei outro computador) e com isso já morri  em cerca de 700 reais e ainda nem deu pra  recomeçar tudo do zero (to numa configuraçao minima, sem o meu HD pricipal…) e por isso, recomeçarei a serie quando o problema  estiver  sanado. Por enquanto entao, vou ver se   me lembro de alguma raridade que achei por aí e posto, mais pra  voces  terem o que ver de novidade ou interessante,ok?

 

Muito obrigado pela compreensão e me desculpem pela  demora desse post  informativo..

08
jan
09

[especial “pra japonês ver” ] parte 2: penalty fora de casa

Dando sequência à série, mostro à vocês como a PENALTY apresenta suas armas lá fora. Pra começar eles parecem só usar seu logotipo original, dando uma ar bem retrô, que eles prometeram lançar no Brasil numa linha chamada PENALTY RAIZ  , mas parece que ficou só na intenção mesmo. Os gorros e bolsas  ficaram bem interessantes.

p1

Seguindo a mesma linha da Athleta, usa e  abusa de expressões em bom português como:

o espirito brasileiro em campo

emoção em ação (esse é slogan deles memsn,né)

paraíso tropical ( não é nome de novela?)

100% técnica! (o futebol brasileiro não é justo o contrario…100% ginga,raça?)

futebol é paixão

p2

 

 

Também seguiu a linha de  criar submarcas, como Boleiros, Brasa  e Terra de Vera Cruz.

p4

Interessante também o fato deles colocarem à exaustão o nome original da marca (CAMBUCI ind.texteis)  em qualquer lugar mesmo , de mangas a capuz , e que, pelo que parece ,não  soa tão legal por  aqui não…

p5

 

Curioso também foram os logotipos que  eles criaram para  alguns elementos do futebol brasileiro:

p3

Talvez  seguindo a mesma linha da Athelta q fez algo inspirado no  Santos, a Penalty lançou algo meio  q inspirado  no Vasco ou Ponte preta e, apesar de não parecer tanto com  algo lançado por eles na época, até que  ficou bem legalzinho:

p6

Mas também tem coisa moderna, como  o  modelo  abaixo (com Cambuci no ombro)

p7

E essa  q custaria a fazer sucesso no  Brasil, combinando preto com um rosa calcinha  bem estranho…

pnu078

05
jan
09

[especial “Pra japonês ver” ] Parte 1: a Athleta não morreu!

Iniciando o ano, resolvo também inciar uma série que há alguns meses planejava publicar,  mas já que foi um trabalho investigativo longo, resolvi dividi-la em alguns posts.

Se trata de algumas marcas brasileiras e argentinas que são vendidas no Japão.

O interessante desse fato é que o contexto estético é completamente diferente. Lembrando bastante o encantamento que nós temos por ideogramas orientais , os japoneses parecem também ter o mesmo fascínio por coisas escritas em português ou espanhol (ou melhor, em “brasileiro” e “argentino”), e por isso, da mesma forma em que os ideogramas japoneses nas roupas daqui devem signifcar coisas totalmente sem noção ou de gosto duvidoso pra eles, o mesmo acontece com algumas peças brasileiras vendidas por lá, mas isso é uma  história que veremos mais à frente…

Pra começar a série, nada melhor do que indormar que a mítica e pioneira marca de material esportivo ATHLETA NÃO MORREU!

Se não morreu, então o que cargas d’agua aconteceu com ela? Vamos voltar um pouco na história.

Lá pra início da  década, o herdeiro da marca descobriu que, apesar de desativada, a marca ATHLETA estava vendendo como àgua no Japão! Como isso aconteceu?

at1

 Provavelmente um japonês, ou dekassegui, bem espertinho, resolveu fazer camisas usando essa marca indevidamente usando temas do Brasil. Talvez depois que viu que  a marca tava bombando por lá, resolveu  negociar diretamente com o dono uma  parceria pra vender os produtos lá e resultou que esse rapaz virou sócio da  Athleta,  e pelo visto o resultado foi BEM SATISFATORIO, principalmente pela imagem mítica deles por ter fornecido material pra  seleção brasileira numa época áurea.

 

 

at2

Em 2006, a ATHLETA resolveu retomar as atividades no mercado brasileiro. Impulsionados pela chegada da Copa do Mundo na Alemanha e o começo da moda de camisas retrô, a marca lançou então uma série de modelos retrôs que, segundo o dono da marca, só seriam vendidas em locais de poder aquisitivo A ou AA , como Daslu ,  Clube Chocolate e Bayard, além de online num site  que seria lançado em abril de 2006… Talvez o motivo do local de venda deve ter sido o motivo de nós nunca termos ouvido falar nisso, ou de não prosseguido o projeto, apesar de mesmo um desfile com as peças ter sido realizado, aumentando nosso desejo e, posteirormente, a frustração. Fotos nesse link.

 

Apesar do sumiço no Brasil, a  Athleta parece bem viva no Japão, apesar de administrada por outros donos por lá, que talvez apenas adquiriram a licença para confeccionar as peças.

Uma coisa característica da marca no Japão é a utilização quase incansável de outro ícone brasileiro nas camisas da Athleta: a marca CAFÉ DO BRASIL, que estampou o escudo da seleção brasileira nos anos 80, e parece que está eternamente grudada à marca Athleta lá no Japão:

at3

at4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[vale informar que hoje em dia a marca, ao menos no Brasil, é conhecida como CaféS do Brasil, com S no final]

 

Não sei se ainda há, mas uma parceria muito bem sucedida que houve foi da ATHLETA com a marca japonesa LAUNDRY, que tem um estilo mais  casual bem interessante, e que com essa união, foram feitas peças bem legais. 

at5

blog

[na real eu só descobri essa Athleta porque vi na rua  um cara com uma camisa  da Laundry/Athleta que, apesar do  padrão internacional de design e qualidade, estava escrtio em português claro algo como ” A camisa brasileira tri campeã mundial.  Desde 1935 no Brasil”. 

Nesse pacotão de associações, a marca aproveita para  criar peças que  tenham sempre  alguma coisa relativa ao  brasil, criando submarcas (como PANTANAL, CAPAZ, SELEÇÃO) e mesmo estampando nas camisas marcas de Cachaça   (tudo a ver com futebol, não?)

at7

at6

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Também fez associações curiosas  com São José dos Campos e Pindamonhangaba:

at8

Mas uma associação  meio nada-a-ver  também foi a  da ATHLETA com o terço de Nossa Senhora. Vejam:

at9E talvez associado com isso uma camisa escrito “LIBERTA: o que se poe fazer para o sorriso de cada um” (o que eles queriam ddizer com isso???!), juntom como uma Brasil Futsal Aid, que eu nunca ouvi falar.

1224405861880_11224405861880_2

 

 

 

 

 

 

 

Mas o mais esquisito de tudo são as frases que são estampadas na cmaisa. Coisas meio sem muito nexo pra serem estamapadas, como:

“parabens pelo tetra!”

“bens melhores para você”

“goleador: nossa cor é futebol”

“três estrêlas (sic) de vitória”

at10

 

Pelo que parece, o esporte focado por lá é o futsal, e pelo uniforme que achei, eles até que mandam bem sim:

1219240343396

 

E, claro,  se fala se  seleçao brasileira nos anos 70, ele aproveitaram e lançaram uma camisa do Santos… Eldorado Santos Futsal club, pr a nao ter que pagar royalty ao “Santos de Santos”…

at11

at12

Ah, além de tudo isso, eles vendem também acessórios, e tudo 

na base do “Café do Brasil”…

 

 

Vale informar que, atualmente, há outra uma marca no mercado internacional (mais especificamente o norteamericano) com o nome ATHLETA, só que seu segmento é o activewear feminino

Já que pra comprar,só no Japão, a dica que eu dou pra quem curte a história da Athleta é baixar o podcast do Caroço, onde em março de 2006  ele fez uma entrevista histórica com o herdeiro da marca, Antonio Bulgarelli .

Falando no sr. Bulgarelli , onde quer que o senhor  esteja, VOLTE COM A  ATHLETA NO BRASIL O MAIS RAPIDO POSSÍVEL!!!

 

 

Fim do primeiro post. Se esse primeiro foi assim, aguardem mais coisas nos próximos…

=)

02
jan
09

saída de DST?

O uso de siglas é sempre uma coisa perigosa. determinada sigla significa uma coisa em iuma língua,mas em outra pode significar outra bem diferente…

Um caso emblemático é o da camisa da seleção canadense de cricket, (feita pela Slazenger, marca bem famosa no esporte):

178520630_o

178520647_o

canada-cricket

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DST Output? “Saída de DST” (numa tradução literal)?

Falasériow,ehheeh

No Brasil usar essa peça fica meio esqusita, mas lá pra eles não, já que essa é simplesmente o nome de uma  companhia canadense emissora de contas…

 

[Well, for those who didnt get the “spirit” of the post, DST means  STD in Portuguese…]

01
jan
09

pra começar o ano

Apesar da insistência de Israel em contrariar, hoje é o Dia mundial da Paz.

Pra lembrar o dia, nada como a única  camisa que já apareceu com essa  mensagem, vestida por ninguém menos que o atleta do século:

camp_101

(pra quem não tinha nascido na época, foi uma camisa usada numa partida do Brasil x Resto do Mundo em 1989 comemorando os 50 anos de Pelé, na cidade de Milão)

Sabe que eu nunca tinha reparado nesse “Panasonic” bem intruso? Outra questão que vem à tona é: nenhuma marca esportiva forneceu material? Sorry, mas é a única foto que achei. Se tiverem melhores, PLEASE , me passem,heheheh

Feliz 2009 pra todos vocês!




Esse blog é dedicado à todo tipo de roupa que tenha algo relacionado à esporte, do Cricket ao Futebol Gaélico. Esporadicamente postarei algo de StreetWear quando interessante.
Carioca, 28 anos, colecionador de sportwear há pelo menos 13 anos e cursando o 2o. ano de Moda da Universidade Cândido Mendes(RJ). Não me limito à colecionar peças de futebol apenas. Já que meu foco é antes de tudo a estética da roupa e a "wearability" (além da história e preço da peça), me intesso por uniformes de Rugby, Polo Eqüestre, Basquete, Volleyball, Hockey, Cricket, Futebol Australiano ,Futebol Gaélico e qualquer outro esporte que inventarem e tiver um uniforme bonito pra se usar por aí...
janeiro 2009
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Minha Coleção + peças à venda

DSC05410

Mais fotos

Blog Stats

  • 703,138 hits