Arquivo para setembro \27\UTC 2012

27
set
12

Especial Viagens (edição 2) – Tallinn, Estonia: as primeiras semanas

Recém chegado pra viver por aqui, logo que consegui um pouco mais de tempo, foi à caça de lojas de artigos esportivos, porém…

1)Assim como na Finlândia, Futebol não é bem o forte da Estonia, e por isso não se acha assim tanta coisa como eu esperava.

2)Havia apenas duas redes de lojas esportivas quando cheguei: Sportland e Rademar. Meses atrás a Sportland comprou a Rademar e virou praticamente um monopólio, se desconsiderarmos as Nike e Puma Stores que eles têm por aqui.

Pra começar um stand que em toda loja por aqui tem, de artigos da Estonia, direcionado para turistas, ao meu ver.

“Welcome to Estonia, Antonio!”

 

Abaixo, a camisa da seleção local, que não passa d camisa do Brasil com outras cores, porém o tom de azul é bem bonito mesmo.

Já que estamos falando de Europa, cachecol não ppode faltar, e eles também fazer cachecóis comemorativos, como essa da Ucrânia e Estonia no mesmo modelo, pra promover o anistoso que ia acontecer a poucos dias.

Como todo país báltico que se preze, no basquete eles se garantem mais que no futebol, e por isso que o esporte é super popular por aqui, participando de torneios internacionais e tendo inclusive jogadores estrangeiros no campeonato local. Abaixo a camisa da seleção estoniana de basquete, produzida pela AND1

 

Detalhe da nuca do unforme da seleção.

Esse era o uniforme antigo. Meio sem graça, mas vá lá…

Um dos times mais populares daqui é o Kalev Basketball Club. Abaixo o uniforme feito pela Nike

O Hockey é um esporte que por aqui ainda tá pra pegar. Eles até possuem um ginásio grande pro esporte, mas o time local, HC Panther, ainda não participa de grandes competiçoes e pelo que soube até mudou de nome e mascote.

Ah, é bom considerar que, sendo uma ex-república soviética, a Estonia possui a maior porcentagem de imigrantes da Europa, o no caso a maioria deles russos. Sendo assim, um item bem fácil de se char nas lojas são uniformes da seleção russa, pra suprir a demanda dos russos que moram por aqui e seus descendentes. O preço eu não achei assim tão barato não, mas pelo menos no outlet eu consegui essa camisa branca por uns 30 Euros, então já valeu.

 

 

Sobre a Estonia eu ainda tenho bastante material a ser compartilhado, mas vou passando com o tempo, depois de mostras outros lugares, como Riga, a capital da Letônia que vou apresentar no próximo episódio de 3a feira. Aguardem!

🙂

25
set
12

Quis seguir o estilo da Alemanha, porém…

Na Eurocopa de 88 (e na Copa de 90), seleções como Holanda e Alemanha e União Soviética chamaram atenção por conta da diferente (e por que não dizer, revolucionária) estampa de seus uniformes, que mal ou bem foi a pedra fundamental para as maiories pirações gráficas que vimos nos anos 90.

O problema foi quando uma marca menor resolveu se inspirar nesse estilo e fazer algo que lembrasse o uniforme da Alemanha…

 

Bem, valeu a intençao da Nanque em fazer um uniforme criativo pro Banfield da Argentina…

 

24
set
12

Especial Viagens (edição 1) – Amsterdam e Helsinki

Aproveitando que completo hoje 1 ano que vim morar aqui na Europa, passo a compartilhar com meus amigos leitores fotos das coisas que vi relativas a sportswear enquanto viajava por essas bandas. Já que é muita coisa pra mostrar, resolvi separar em algumas edições que vou compartilhando com vocês  nos próximas 2as e 5as feiras.

Essa primeira edição, apenas como uma simples introdução, eu mostro algumas coisas que vi no aeroporto de Schiphol em Amsterdam (Holanda) e uma foto simples lá de Helsinki, mas que seginficou muito pra mim.

AMSTERDAM

Como fiz apenas uma conexão na capital holandesa, não deu pra explorar muito o que a cidade tem a oferecer, mas em compensação tinha uma loja de souvenir e esportes por lá que  já foi um bom impacto inicial,e me mostrou o que é de fato uma loja européia de esportes.

De cara, claro, um “Welcome to Holland, Antonio!” com essa profusão naturalda cor laranja.

 

Outros produtos de destaque, e meio que exclusivos,  eramumas jaquetas pesadas do Ajax, mas que carregavam o bom espírito da cidade de Amtserdan

A combinação entre laranja e preto já é bem forte, combinada com o leão holandês então, fica aind mais imponente, e portanto a minha peça preferida por lá foi essa jaqueta abaixo.

HELSINKI

Helsinki  é uma cidade que me apaixonei pela primeira vista. Talvez pelo fato de ter sido o primeiro lugar na Europa em que pude de fato  passear pelas ruas, apreciar a diferente arquitetura e um clima verdadeiramente gelado.  Como muitos devem saber,  futebol não é lá bem o primeiro esporte da Finlandia, e por isso também não é tarefa das mais fáceis achar artigos  do genero por lá. Na maior loja de departamentos da Escandinávia (a rede finalndesa Stockmann), consegui achar pelo menos algo que representasse o futebol holandes, apesar de ter visto muito mais coisa de hockey e floorball. Uma pena também que a bateria da minha câmera já tinha ido pro saco e a do celular só deu pra fazer esse simples registro abaixo:

 

“Welcome to Finland, Antonio!”

🙂

 

 

22
set
12

Inspiração napolitana ou Zeitgeist?

Um dos desenhos mais criativos e icônicos que se tem notícia na história dos uniformes esportivos é o da Alemanha de 1990, que é quase uma unanimidade entre os colecionadores, ou ao menos entre aqueles que testemunharam a seleção alemã vestindo esse uniforme.

Após o sucesso na Copa do Mundo de 1990, outros times também vieram a estampar um deseho semelhante, como no caso do Boca Juniors, União Soviética e ____. Porém… o Napoli também, só que ANTES da Copa da 1990!

 

Em todos os registros que encontrei desse unfiorme, este é descrito como da temporada de 1989-1990. E mesmo na imagem abaixo que encontrei neste site informa que a mesma foi feita em Maio de 1990, e a Copa aconteceu em Junho de 1990.

 

Não estou acusando Adidas de plágio, mas é uma coincidência muito grande esse mesmo desenho estampar o uniforme do Napoli, fabricado pela Enerre,  e meses depois o da seleção alemã. De fato pode até mesmo ter acontecido o contrário, se a seleção alemã já estivesse jogando com o novo uniforme antes da Copa e a Uhlsport, bem rapidinha, foi e fez sua versão pro time napolitano. Apenas quis levantar essa questão, sem querer defender uma marca ou outra, até porque pode até ter side coisas do Zeitgeist mesmo,  por que não?

21
set
12

Prima da Sabrina Sato ou uma solução inteligente?

Quando vi esse uniforme pela primeira vez, pensei “Nossa, quem deve ser essa Ana Sato?” , uma vez que deveria ter grana pra estampar seu nome completo num unforme de time grande como o Yokohama, não? Se vc joga no Gloogle “Ana Sato” vai aparecer um bando de mulheres com esse nome, mas nenhuma empresa.

 

Investigando melhor sobre o Yokohama (que hoje é F.Marinos, mas ja foi simplesmente Flügels e eu não sei de que ano é essa camisa), esse Ana Sato na estampado é nada menos que os dois patrocinadores do clube que se juntaram na camisa como sendo um único: a empresa aérea ANA e a empresa química SATO Laboratory

Pensando melhor sobre essa fusão de marcas, acho que pela melhor exposição de ambas, uma fusão assim até que seria uma boa solução (em alguns casos, claro) para a poluição vusual de algumas camisas no Brasil, o que acham?

20
set
12

Camisa do Ted Lapidus (e não é a do Corinthians)

No Brasil, sempre que falamos de camisa do Ted Lapidus, sempre vem à tona o uniforme que o estilista desenhou nos idos de 1996 pro Corinthians.

Porém, há uma outra camisa que também poderia se considerada uma camisa do Ted Lapidus, no caso a do Racing Club de Strasbourg, na França

 

Considerando que esse template de tocos meio que arrumados em coluna eu nunca vi  em nenhum outro time da Adidas, não duvido muito que esse tenha sido outro desenho desenvolvido pelo proprio estilista francês.

No blog onde achei essa camisa diz que esse uniforme é da temporada 92-93, mas duvido um pouco, já que o template desse short está mais de acordo com os modelos de 1994, e inclusive tem um modelo azul com o template bem semelhante datado de 1993:

19
set
12

Lembrança da era socialista

Esse uniforme da seleção da Macedônia de 1995 me chamou atenção por um pequeno detalhe:

 

No escudo, vê-se claramente a estrela vermelha no topo, símbolo do regime socialista, porém em 1995 eles já tinha deixado pra trás essa página da história.

Se notarem , hoje em dia o brasão nacional é o mesmo, porém sem essa estrela:

 

Portanto… será que eles estamparam essa estrela por engano ou algumém da federação macedônia andava com saudades do passado???

 




Esse blog é dedicado à todo tipo de roupa que tenha algo relacionado à esporte, do Cricket ao Futebol Gaélico. Esporadicamente postarei algo de StreetWear quando interessante.
Carioca, 28 anos, colecionador de sportwear há pelo menos 13 anos e cursando o 2o. ano de Moda da Universidade Cândido Mendes(RJ). Não me limito à colecionar peças de futebol apenas. Já que meu foco é antes de tudo a estética da roupa e a "wearability" (além da história e preço da peça), me intesso por uniformes de Rugby, Polo Eqüestre, Basquete, Volleyball, Hockey, Cricket, Futebol Australiano ,Futebol Gaélico e qualquer outro esporte que inventarem e tiver um uniforme bonito pra se usar por aí...
setembro 2012
S T Q Q S S D
« jun   out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Minha Coleção + peças à venda

Blog Stats

  • 707,510 hits