Archive for the 'Uncategorized' Category

21
maio
13

LEAKED / VAZOU : Lithuania Jersey 13/14 Camisa da Lituania

Home

 

 

Away

 

 

28
nov
12

Especial Viagens (edição 14) – Tallinn (parte 3: no estádio da seleção nacional UPDATE)

Como havia prometido à vocês, voltei ao estádio da seleção nacional da Estonia, o A. Le Coq Arena , para ver o que pintou de novo por lá nos últimos meses. Pra vocês conferirem melhor não só a loja em sia e suas novidades, aproveito pra mostrar algumas coisas que vi ao me aproximar do estádio.

 

Começando por um carro decorado com o escudo do Kalev, provavelmente da comissão técnica do clube. Apenas fiquei pensando o quanto poderia dar de problema no Brasil um carro decorado com o escudo de alguma time bem grande circulando por regioes onde o tal time não é unanimidade…

Photobucket

 

Na Europa em geral as torcidas organizadas costumam demarcar território colando stickers em postes ou lugares do tipo. Nos arredores do estádio tinha uns postes que pareciam verdadeiros totens de tantos adesivos. Particularmente até acho legal porque o post não fica tao sem graça e você acaba vendo que torcidas passaram por aquele lugar. Nas fotos abaixo vemos stickers de times da Russia, Irlanda, Hungria e outros…
Photobucket

Photobucket

Photobucket

 

Já que muitas vezes as partidas da liga estoniana não enchem estádio, geralmente as partidas do time dono da casa, Flora FC, acabam acontecendo mesmo nesse mini estádio fora do estádio em si. Podemos até dizer que essa sim é a verdadeira casa do Flora.

Photobucket

 

Se aproximando do estádio, se vê a lojinha da Sportland lá no cantinho, perto do carro.

Photobucket

Photobucket

 

Na vitrine, os novos uniformes da seleção nacional, assim como o primeiro uniforme feito pela Nike, emoldurado.

 

Em mais detalhes, o ponto onde mostram o novo uniforme da seleção

Photobucket

Photobucket

Dessa vez também cheguei a encontrar o uniforme de treino dele. Nada demais, porém mais discreto e barato.

Photobucket

Ainda vendia camisas mais antigas da seleção, mas a oferta de tamanho era bem reduzida.

Photobucket

Photobucket

Além da linha de futebol da Estonia, também estão à venda os uniformes usados pela delegação olímpica nacional nas últimas olimpíadas. A t-shirt eu curto muito por conta da tipografia.

Photobucket

 

Uma jaqueta N98 versão mais atualizada…

 

Photobucket

Photobucket

E uma polo simples, mas  bem classuda.

Photobucket

A novidade dessa vez ficou por conta das camisas de tmes da Estônia também.  Da última vez não tinha uma oferta assim tão grande , mas dessa vez capricharam mais na variedade.

Photobucket

 

A camisa do Nõmme Kalju, atual campeão da liga.

Photobucket

Modelo away

Photobucket

Camisa do Levadia, o time dos imigrantes russos, dessa vez também tinha, apesar de ser um modelo bem genérico.

Photobucket

 

 

Camisa do Tallinna Kalev, fabricada pela Jako

Photobucket

E o modelo do ano passado, do centenário do clube.

Photobucket

 

A camisa do Paide também é interessante com esses  raios do padrão Nike, e as cores me fez lembrar do Bonsucesso, hehehe…

Photobucket

Bom, além das novidades já mostradas acima, outra grande novidade é que agora você pode comprar qualquer uma das camisas que vocês acabaram de ver! Já que estou passando no Brasil em dezembro, se você tiver interesse em alguma dessas camisas, dê uma conferida nesse album do Facebook que eu fiz, e lá você pode saber mais detalhes sobre preço, tamanhos disponíveis e como comprar, certo?

Acesse lá, leia o subtitulo do álbum e me manda um email, para tonibordallo@gmail.com

 

Boas compras!

 

 

 

15
nov
12

Especial Viagens (edição 12) – Tallinn (parte 2: no estádio da seleção nacional)

Em Tallinn, após conhecer melhor a cidade e suas lojas de artigos esportivos, todos os vendedores me diziam que na loja do estádio tinha muito mais coisa dos times nacionais. Depois de ouvir isso mais de 4 vezes, resolvi ir lá conferir.

O estádio A.Le Coq Arena é o maior do país, e apesar do nome, não  tem NADA a ver com a marca francesa Le Coq Sportiff. A coincidencia se dá pela detentora do naming rights do estádio ser uma das marcas de cerveja líderes do mercado estoniano, a A.Le Coq. Além de ser sede da seleção nacional, o estádio também é casa do time Flora, um dos mais populares e vitoriosos da Estonia.

 

 

Painel na vitrine da loja, destacando o time do Flora, com um template igualzinho ao do Celtic anos atrás.

 

De fato a loja do estádio, da rede Sportland, é a melhor do país, com direito a  algumas camisas emolduradas e outras relíquias em  exposição, e mesmo artigos usados pela  grande  estrela do futebol no país, Joel Lindpere, que joga no New York Red Bulls.

 

 

Mesmo com tanta coisa assim os únicos uniformes que  achei de times locais foram do Flora, claro, e do Tallinna Kalev, mas mesmo assim nem uniforme reserva tinha por la…

O do Flora, com se vê, é apenas um template genérico com o escudo do clube.

O do Kalev, mais  caprichado, é o modelo comemorativo de 100 anos do clube, e até o escudo teve um trato melhor pra comemorar a data.

Da seleção nacional, eles tinham, naturalmente uma seção só com esses produtos,e  tinha coisa interessante por lá.

Esse agasalho, estilo os as trackjackets em V da Nike, mas generico.

Uma camisa promovendo o jogo que ia decidir a classificação deles pra Euro 2012, no simbolico dia 11.11.11 . Pessoalmente eu acho que essa camisas tem muito mais graça pra gente, pelo exotismo de se ter uma camisa escrito em estoniano, hehe…

Como não podia deixar de ter,  vários cachecóis  e de vários times locais, mostrando mais uma vez que por aqui o publico se interessa mais em ter o cachecol do clube do que a camisa mesmo…

Mesmo assim eles tinham até camisa retrô da seleção da Estonia, e feita pela Nike mesmo!

Sim, acredite, antes da União Soviética eles foram país independente por 20 anos e nessa época tinham sim seleção nacional e participaram inclusive das Olimpíadas de Paris, torneio que equivalia à Copa do Mundo na época.

 

Mas melhor que a versão da Nike eu achei mesmo uma polo genérica que fizeram por lá.

Sim , além dessas também tinham camisas de times europeus em geral, inclusive times russos, como o Spartak Moskva, pra suprir a demanda imigrante local.

Esse passeio foi feito na loja em janeiro desse ano. A nova temporada chegou, assim como novos artigos e  por isso o próximo post será um update desse, de uma visita que fiz lá essa semana. Aguardem!

 

 

 

31
out
12

Especial Viagens (edição 11) – Vilnius (Lituania): onde o futebol é minoria

A última cidade a ser explorada até então é a capital da Lituânia, Vilnius, onde ser fã de futebol é antes de tudo um ato de resistência. Isso acontece por conta do basquetebol lituano, que é considerado um dos melhores do mundo (sempre nas primeiras colcacões todos torneios  que disputaram e revelando vários jogadores para NBA) e assim acaba deixando o futebol em segundo plano, já que eles não são assim tão bons de bola… Mesmo assim aceitei o desafio e fui procurar algum sinal de vida futebolística  –  e sportswear  – naquele país.

Uma vez que era perto da Cidade Antiga onde estava hospedado, resovi me embrenhar pela  cidade no intuito de buscar o estádio LFF (Lithuania Football Federation). Depois de pegar uma ladeira enorme, encontro um estadio pequeno, com lugares ainda em construção…

 

Uma vez no estádio da selecão nacional, pergunto pra uma das pouquíssimas pessoas que falavam inglês onde eu poderia comprar uma camisa da seleção. Um dos funcionários me disse que “só na internet” (a titulo de informação, estou procurando na internet até hoje um local oficial onde se possa comprar essa camisa a um preço honesto…).

No momento em que eu estava por lá, o time do Žalgiris estava se concentrando pra treinar. Por sorte consegui conversar com um dos preparadores de goleiro, que disse que tinha no bagageiro de seu carro algumas camisas pra  vender (sim, amigos, estilo bem mambembe mesmo), e então por um preço bem camarada eu consegui a camisa como a da foto abaixo, mas sem o patrocínio.

Vale dizer que Žalgiris  é um nome super respeitado no  esporte lituano, de fama internacional, mas na verdade é por causa do time de BASQUETE da cidade de Kaunas, que ganha títulos internacionais de basquete adoidado e revelou boa parte das estrelas que foram pra NBA. O primo pobre homônimo também não faz feio, mas o problema mesmo  que que o futebol não é o forte por aquelas bandas mesmo.

Apesar disso fui em busca de mais coisas… e no caminho acabei topando com um outdoor referente à equipe paraolímpica de lá.

No outro lado da cidade tive duas surpresas. A primeira foi a rede internacional de lojas de artigos esportivos Sportland ter uma loja na capital lituana, nessa loja logo de cara tem um painel enorme com a foto da equipe nacional de basquete recebendo a medalha de bronze, mas na loja mesmo não havia NADA de uniforme esportivo, seja de basquete, futebol, seleção ou mesmo times estrangeiros. Uma decepção.

A outra surpresa foi boa, a de que a Lituânia tem uma marca nacional de sportswear de alta qualidade: a Audimas, que inclusive produz o uniforme da delegação olímpica da Lituania há pelo menos 3 olimpiadas, e a coleção cada vez fica mais elaborada.

 

A qualidade dos artigos sao de nível internacional mesmo, e os precos não eram assim tao baratinhos, mas já que o Litas, moeda local, nao é assim tao valorizado, em comparação com outros paíes até que não soava tao absurdo (o que equivalente a 35 euros por uma camisa como a usada pelos atletas olímpicos).

Destaque pro agasalho com uns detalhes bem legais

 

 

e tinha até uma camisa do time local de basquete, que também nao faz feio na Euroleague de basquete, o Vilnius Rytas.

 

Apenas no final da viagem, como menos de 15 minutos pra comecar a partir, consegui achar uma loja com souvenirs da Lituania , e naturalmente as referencias ao basquete, inclusive do Žalgiris do basquete prevaleciam… 

 

Inclusive encontrei a camisa da temporada passada do Žalgiris, com patrocínio e o brasão, superlegal, da cidade.

 

…e eis que finalmente achei as benditas camisas da seleção da Lituânia, porém…

Se vocês notaram, em vez do escudo da federação a camisa apresentava o brasao do país. De fato ele é até bem bonito, mas não é a camisa da seleção mesmo, ainda mais se levarmos em consideração que um dos itens mais caros de uma camisa é o escudo, por conta dos royalties que as marcas pagam ao clube por usarmos um camisa assim. Pra quem nunca viu, o modelo atual da seleção lituana é assim:

 

Bem, e mesmo sem pagar roaylties, o precinho exigido assustou: 60 euros na cara!

Desculpa, mas por 60 euros não rola…

 

 

 

 

11
out
12

Especial Viagens (edição 6) – Lisboa (apenas uma conexão)

No post de hoje vou relatar o que vi de sportswear no momento em que tirei férias daqui da Europa e fui dar um pulinho no Brasil pra visitar os amigos e parentes. No meio do caminho entre Tallinn e Rio de Janeiro havia o aeroporto de Lisboa, e já que eu tava por lá, não custava garimpar uma loja de esportes no próprio aeroporto. E de fato tinha, uma loja chamada Football Gate.

Naturalmente, uma loja como outra qualquer, só que destacando os produtos portugueses (com exceção dessa camisa do Barcelona). Na verdade essa loja me serviu como uma grande lição: que quando o assunto é tirar fotos de algum artigo numa loja esportiva, por exemplo, o melhor é seguir a política do “atire primeiro, pergunte depois”. Isso porque eu fui todo diplomático perguntando pra vendedora, dizendo que tinha um blog sobre o assunto e  tal… e a lusitana me deu um belo de um NÃO, talvez por notar meu sotaque brasileiro. Enfim, a dica pra vocês é: tire fotos e não pergunte, se depois te repreenderem, pelo menos você conseguiu tirar alguma.

A camisa que queria apresentar à vocês é uma que achei bem bonita, da seleção portuguesa de rugby,  feita pela Adidas. Nos tempos de internet e e-shops, fica mais facil de fato jogar no Google e mostrar pra vocês, mesmo que não tenha o mesmo glamour da descoberta in loco.

Legalzinha né? Ao vivo é ainda mais.

🙂

 

Já que esse post foi bem curtinho, amanhã excepcionalmente tem uma continuação bem especial. Aguardem…

08
out
12

Especial Viagens (edição 5) – Paris (parte 1 – apenas aperitivos )

Paris é uma cidade que dispensa comentários, e pela grandeza que ela representa – e as coisas relativas ao sportswear que ela me mostrou – naturalmente que não vai caber num só post. Talvez em 3, 4 ou 5 mesmo. Por isso que esse post sobre Paris vai servir apenas de overview sobre a cidade, além de uma mostra dos futuros posts sobre a cidade-luz, que eu vou aprofundar assim que eu mostrar uma a uma as cidades que eu passei. Vou começar pelos detalhes futebolísticos que a cidade me apresentou:

Pra começar um cachecol do Paris Saint-Germain  com sua versão parisiense de “Aqui é Corínthians!” , ou seja, “Ici c’est Paris” (“Aqui é Paris”), lema que  por si só já tira onda sem precisar dizer mais nada…

 

Num outdoor na rua anunciando o novo CD de um artista local, uma montagem como se o mesmo fizesse parte de um álbum de figurinhas de futebol francês dos anos 70. Quem já viu sabe que isso remete à muita nostalgia…

 

Sim, numa região como turística como Montmartre naturalmente vc vai encontrar souvenirs fajutos, assim como essa camisa de Paris com o template de Liverpool de anos atrás….

 

Uma raridade que coçou a mão, principalmente pelo seu simbolismo foi essa camisa da seleção da França de 98. Primeiro porque é uma camisa linda, segundo porque é um modelo novinho, ainda vendido na vitrine (provavelmente filha única de pai castrado), e terceiro, porque está à venda numa loja em Paris, camisa do time local que ganhou a Copa do Mundo lá pertinho. Precisa mais argumento?

Agora adiantando uns temas que vou abordar mais profundamente no futuro sobre Paris. O primeiro é a loja Boutique Rugby, a primeira loja 100% dedicada ao rugby que já entrei. E tinha que ser em Paris!

 

Desde 1999 eu ouvia maravilhas da rede francesa de lojas esportivas Decathlon. Ela chegou até São Paulo, mas no Rio que era bom, nada, e portanto nunca tive como conhecê-la por dentro. Em Paris, portanto, conheci essa loja enorme, com 3.300 metros quadrados de material esportivo, e essa visita à sede francesa da Decathlon  me surpreendeu bastante!

 

Na galeria Printemps o grande destaque foi pra uma marca francesa que se dedica a produzir camisas retrôs de times e seleções de RUGBY! Algo inédito até então!

 

Perto da galeria Printiemps , o destaque é a galeria Citadium, com 4 andares com o melhor do sport e streetwear!

Os Champs Elisées não poderiam faltar nessa ronda pelas lojas esportivas, e é lá que mora o créme-de-la-créme das marcas esportivas também. Pra começar, a fachada da Nike Store.

E se “Aqui é Paris”, naturalmente que o time que é orgulho local tem uma grande representação na rua mais charmosa da cidade, com sua PSG Store.

 

Como não podia faltar, a Adidas também tem uma mega store nos Champs Elisées, com direito a uma mega camisa de França genérica logo na entrada.

Sim, já que a seleção de futebol veste Nike agora, eles só puderam mostrar esse modelo, que inclusive tava à venda na loja…(pode clicar na imagem pra ver maior)

E aí, curtiram?Então aguardem que vem muito mais aí!

04
out
12

Especial Viagens (edição 4) – Milão

Milão foi a primeira das cidades da Europa, das que eu tive tempo suficiente pra explorar legal, que realmente respira futebol, e por isso mesmo foi bastante fácil achar qualquer coisa relativa a futebol. Passei por la em meados de Novembro de 2011.

Como alguns podem saber, o ponto principal da cidade é a Piazza del Duomo, onde se encontra a catedral da cidade, a galeria Vittorio Emanuelle ao lado e uma infinidade de gente transitando ao redor de tudo isso. No meio disso tudo é claro que tinha que ter  loja de esportes. Dentro da galeria mencionada tinha uma, mas com aquele precinho pra turista ver, a partir de 80 Euros pelo menos, só que no cantinho direito da catedral tinha uma loja mais simpática, onde tinha esse ambiente bem “Welcome to Italia, Antonio!”

Mas o curioso mesmo foi a coleção tamanho bebê que eles tinham de camisas da seleção italiana feitas pela Puma.

 

Já que o Napoli tava voltando à ficar em voga, tinha uns souvenirs bem legais com o burrinho mascote do clube:

Entrando sem querer por uma pequena galeria numa das ruas adjacentes do Duomo, eis que encontro uma MILAN MEGA STORE, e aí sim deu pra sentir o poder do futebol na Itália.

A vitrine  mostrava Seedorf, Pato, Ibra, Robinho e outros…

Vc entra na loja e dá de cara com uma parede cheia de autografos dos ídolos… e o Seedorf tirando onda.

E então naturalmente  você se depara com uma infinidade de  camisas rossoneras, com direito a customização na hora.

 

E do lado oposto, um paredão passando na cara todos os títulos que já conquistaram. “Campeão de tudo” é isso aí…

 

 

Como ninguém é de ferro, estiquei minha viagem mais pro norte, à beira do lago di Como, na cidade homônima que já é quase Suiça.  Pelo menos uma loja de artigos esportivos havia, e como toda boa cidade italiana, estampava em sua vitrine o uniforme do time que é orgulho local. No caso o Calcio Como, que hoje em dia anda pelas divisões inferiores, mas já jogou a Seria A italiana e inclusive já constou em seu escrete com o jogador Dirceu (que participou das Copas de 74,78 e 82) em 1986, quando ainda era convocado pra seleção.

 

Mas pra mim o que simbolizou mesmo essa viagem foi a foto abaixo. Num quiosque de souvenirs numa pracinha de Como, entre postais e camisas pra turistas, uma polo, genérica, mas com o escudo da Itália e as bordas tricolores, mostrando que mesmo camisas piratonas podem ser prá lá de elegantes…


Ah, pra não dizer que falei do Inter, voltando pro aeroporto achei esse outdoor convocando a galera prum jogo da Champions League:

 

No próximo episódio, a cidade-luz, Paris!




Esse blog é dedicado à todo tipo de roupa que tenha algo relacionado à esporte, do Cricket ao Futebol Gaélico. Esporadicamente postarei algo de StreetWear quando interessante.
Carioca, 28 anos, colecionador de sportwear há pelo menos 13 anos e cursando o 2o. ano de Moda da Universidade Cândido Mendes(RJ). Não me limito à colecionar peças de futebol apenas. Já que meu foco é antes de tudo a estética da roupa e a "wearability" (além da história e preço da peça), me intesso por uniformes de Rugby, Polo Eqüestre, Basquete, Volleyball, Hockey, Cricket, Futebol Australiano ,Futebol Gaélico e qualquer outro esporte que inventarem e tiver um uniforme bonito pra se usar por aí...
julho 2017
S T Q Q S S D
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Minha Coleção + peças à venda

Blog Stats

  • 706,116 hits